Semana 6 – Provisão de Deus em tempos de aflição: Vivendo o poder do acolhimento

TEXTO: 2ª CO 7:2-11

Concedam-nos lugar no coração de vocês. A ninguém prejudicamos, a ninguém causamos dano, a ninguém exploramos.

Não digo isso para condená-los; já lhes disse que vocês estão em nosso coração para juntos morrermos ou vivermos.

Tenho grande confiança em vocês, e de vocês tenho muito orgulho. Sinto-me bastante encorajado; minha alegria transborda em todas as tribulações.

Pois, quando chegamos à Macedônia, não tivemos nenhum descanso, mas fomos atribulados de toda forma: conflitos externos, temores internos.

Deus, porém, que consola os abatidos, consolou-nos com a chegada de Tito,

e não apenas com a vinda dele, mas também com a consolação que vocês lhe ministraram. Ele nos falou da saudade, da tristeza e da preocupação de vocês por mim, de modo que a minha alegria se tornou ainda maior.

Mesmo que a minha carta lhes tenha causado tristeza, não me arrependo. É verdade que a princípio me arrependi, pois percebi que a minha carta os entristeceu, ainda que por pouco tempo. 9 Agora, porém, me alegro, não porque vocês foram entristecidos, mas porque a tristeza os levou ao arrependimento. Pois vocês se entristeceram como Deus desejava, e de forma alguma foram prejudicados por nossa causa.

A tristeza segundo Deus produz um arrependimento que leva à salvação e não remorso, mas a tristeza segundo o mundo produz morte.

Vejam o que esta tristeza segundo Deus produziu em vocês: que dedicação, que desculpas, que indignação, que temor, que saudade, que preocupação, que desejo de ver a justiça feita! Em tudo vocês se mostraram inocentes a esse respeito.

Assim, se lhes escrevi, não foi por causa daquele que cometeu o erro nem daquele que foi prejudicado, mas para que diante de Deus vocês pudessem ver por si próprios como são dedicados a nós.

ENCONTRO:

Você já foi mal recebido por alguém durante uma visita? Conte-nos como foi.

EXALTAÇÃO:

Aliança – Ministério Koinonia

Aliança – Playback com letra (Ministério Koinonia)

EDIFICAÇÃO:

Os desvios de conduta dos Coríntios estavam incomodando o coração do apóstolo Paulo. Alguns judaizantes começaram a pregar aos cristãos locais a necessidade da guarda das leis cerimoniais como condição de se viver o cristianismo autêntico. E a estratégia utilizada por eles foi justamente atacar a imagem, o ensino e o apostolado de Paulo.

Uma vez que nem a visita nem a carta produziram os efeitos esperados de pacificação, o apóstolo resolveu, então, enviar Tito, na tentativa de resgatar a confiança e as doutrinas cristãs já estabelecidas. Todavia, a demora do retorno de Tito estava angustiando o coração de Paulo. Decidido ir a Corinto, no caminho de Trôade para a Macedônia, o apóstolo, finalmente, encontrou-se com seu companheiro de ministério. Tudo leva a pensar que esta passagem foi escrita justamente após esse encontro, pois narra a celebração dos resultados e da restauração que acontecera na igreja com o apoio da presença e da participação de Tito. E a palavra que resume a euforia de Paulo por toda a revitalização que acontecera é acolhimento. Tito foi acolhido pelos Coríntios!

A importância do acolhimento para a vida da igreja e para a vida cristã é descrita pelo apóstolo como (6:11-12) um distintivo, uma vez que acolhimento, segundo ele, significa ter um coração grande o suficiente para abrigar o outro em qualquer situação, não levando em conta circunstâncias nem o passado. Esse é o modelo de Jesus! Ele nos amou quando ainda éramos pecadores! E Paulo procurou imitá-lo na medida como Jesus o acolheu! Acolhimento na igreja não é por merecimento. É pela graça!

PERGUNTAS:

Por que houve decepção tanto da parte de Paulo como da parte dos Coríntios durante essa tentativa de reconciliação?

O que podemos aprender com a participação de Tito na reconstrução do relacionamento entre o apóstolo e a igreja?

Como devemos nos prevenir e reagir caso sejamos “atacados” como foi a comunidade de Corinto?

Você se considera acolhedor? O que ainda lhe falta para exercer o acolhimento assim como Cristo o acolheu?

RECURSOS EXTRAS
Sugestão de leitura semanal:
  • Segunda-feira: I Tessalonicenses 2:17-3:13 — Isaías 17-19 — Salmos 114
  • Terça-feira: I Tessalonicenses 4 — Isaías 20-22 — Salmos 115
  • Quarta-feira: I Tessalonicenses 5 — Isaías 23-24 — Salmos 116
  • Quinta-feira: II Tessalonicenses 1 — Isaías 25-26 — Salmos 117
  • Sexta-feira: II Tessalonicenses 2 — Isaías 27-28 — Salmos 118
  • Sábado: II Tessalonicenses 3 — Isaías 29-30 — Salmos 119:1-32
  • Domingo: I Timóteo 1 — Isaías 31-33 — Salmos 119:33-64
AVISOS:

NOSSAS CELEBRAÇÕES

Presencial:

Culto Celebração da Manhã Presencial – No Templo da Quarta Igreja, domingos, às 10h30min, com inscrição prévia pelo Whatsapp: 97010-0453 (lotação limitada a 40%)

Online:

Culto Celebração da Manhã online – transmissão ao vivo: aos domingos, às 10h30min. Acesse: https://www.youtube.com/c/qibrjorgbr

Culto Celebração da Noite online – transmissão ao vivo: aos domingos, às 18h30min. Acesse: https://www.youtube.com/c/qibrjorgbr

Culto oração da Manhã online – transmissão ao vivo: de segunda a sexta-feira, às 06h30min. Acesse: https://www.facebook.com/pastor.lucio

Culto de oração estudo online – transmissão ao vivo: toda sexta-feira, às 19h30min. Acesse: https://www.youtube.com/c/qibrjorgbr

LINK PARA COMPARTILHAMENTO:

Sejamos acolhedores e sempre prontos para a reconciliação. Amém.

Sugestão: Compartilhe o link desse roteiro com alguém que precisa de encorajamento: https://www.qibrj.org.br/provisao6