DE VOLTA PARA A CASA DO PAI – Semana 3: É hora de voltar para casa do Pai

TEXTO: Lucas 15.11-32 (texto completo ao final do roteiro)

“Disse o pai: ‘Meu filho, você está sempre comigo, e tudo o que tenho é seu. Mas nós tínhamos que comemorar e alegrar-nos, porque este seu irmão estava morto e voltou à vida, estava perdido e foi achado’ “. (Lucas 15-32)

ENCONTRO:

Material: Papel, Caneta ou lápis.

Desenvolvimento: No inicio, pedir para cada um fazer com os olhos fechados numa folha sulfite o desenho de uma casa com porta janela e chaminé, um jardim, três montanhas atrás da casa, 3 árvores e uma cerca, e escrever a seguinte frase: SEM DEUS, TUDO FICA FORA DO LUGAR.

EXALTAÇÃO:

DEUS DE PROMESSA – DAVI SACER

ACREDITO – LEONARDO GONÇALVES

EDIFICAÇÃO:

Jesus está contando três parábolas para os fariseus e escribas a respeito do tão grande amor de Deus para com seus filhos. Mas há uma diferença entre as duas primeiras com relação a terceira parábola. Nas duas primeiras a uma busca de quem perdeu. A mulher vai em busca da moeda e o pastor vai em busca da ovelha perdida. Mas na terceira parábola, o Pai não vai em busca do filho perdido e a grande pergunta é: Por que o Pai não vai buscá-lo?

Penso que existe pelo menos três razões para isso. A primeira é que está na casa do Pai é uma questão de escolha. O Pai não obriga ninguém a ficar em sua casa. Deus nos dá a liberdade de decidirmos o que queremos. Em segundo lugar, é necessário que haja da parte daquele que decidiu sair da casa do Pai, o arrependimento. O desejo de abandonar o caminho que se trilhou e voltar. E em terceiro lugar, é preciso entender que a casa do Pai é um lugar especial. É um lugar santo

O Pai sempre estará de braços abertos a espera daquele que decidiu sair. Ele nunca desistirá de esperar. E para todos aqueles que voltam, o Pai sempre fará uma festa.

1) O que significa para você voltar à casa do pai?

2) Por que parece tão difícil conseguirmos enxergar nossa real situação em relação a Deus?

3) No texto foi visto que o jovem só foi capaz de iniciar a jornada de volta à casa do pai quando entendeu o que é pecado. Qual é o propósito de Deus ao criar parâmetros para nossas vidas?

4) O que você deseja mudar em sua vida a partir deste estudo para voltar pra casa do Pai?

TEXTO:

Jesus continuou: “Um homem tinha dois filhos.

O mais novo disse ao seu pai: ‘Pai, quero a minha parte da herança’. Assim, ele repartiu sua propriedade entre eles.

“Não muito tempo depois, o filho mais novo reuniu tudo o que tinha, e foi para uma região distante; e lá desperdiçou os seus bens vivendo irresponsavelmente.

Depois de ter gasto tudo, houve uma grande fome em toda aquela região, e ele começou a passar necessidade.

Por isso foi empregar-se com um dos cidadãos daquela região, que o mandou para o seu campo a fim de cuidar de porcos.

Ele desejava encher o estômago com as vagens de alfarrobeira que os porcos comiam, mas ninguém lhe dava nada.

“Caindo em si, ele disse: ‘Quantos empregados de meu pai têm comida de sobra, e eu aqui, morrendo de fome!

Eu me porei a caminho e voltarei para meu pai, e lhe direi: Pai, pequei contra o céu e contra ti.

Não sou mais digno de ser chamado teu filho; trata-me como um dos teus empregados’.

A seguir, levantou-se e foi para seu pai. “Estando ainda longe, seu pai o viu e, cheio de compaixão, correu para seu filho, e o abraçou e beijou.

“O filho lhe disse: ‘Pai, pequei contra o céu e contra ti. Não sou mais digno de ser chamado teu filho’.

“Mas o pai disse aos seus servos: ‘Depressa! Tragam a melhor roupa e vistam nele. Coloquem um anel em seu dedo e calçados em seus pés.

Tragam o novilho gordo e matem-no. Vamos fazer uma festa e comemorar.

Pois este meu filho estava morto e voltou à vida; estava perdido e foi achado’. E começaram a festejar.

“Enquanto isso, o filho mais velho estava no campo. Quando se aproximou da casa, ouviu a música e a dança.

Então chamou um dos servos e perguntou-lhe o que estava acontecendo.

Este lhe respondeu: ‘Seu irmão voltou, e seu pai matou o novilho gordo, porque o recebeu de volta são e salvo’.

“O filho mais velho encheu-se de ira, e não quis entrar. Então seu pai saiu e insistiu com ele.

Mas ele respondeu ao seu pai: ‘Olha! todos esses anos tenho trabalhado como um escravo ao teu serviço e nunca desobedeci às tuas ordens. Mas tu nunca me deste nem um cabrito para eu festejar com os meus amigos.

Mas quando volta para casa esse seu filho, que esbanjou os teus bens com as prostitutas, matas o novilho gordo para ele! ’

“Disse o pai: ‘Meu filho, você está sempre comigo, e tudo o que tenho é seu.

Mas nós tínhamos que comemorar e alegrar-nos, porque este seu irmão estava morto e voltou à vida, estava perdido e foi achado’ “. (Lucas 15:11-32)

Foi muito bom você ter vindo. Nos vemos em nossa próxima reunião do NOSSO PEQUENO GRUPO, ou em uma das Celebrações na Igreja. Até lá!